Ventilação do Doente Crítico

INSCRIÇÕES ABREM A 1 DE DEZEMBRO

 

A ventilação mecânica (invasiva e não invasiva) consiste numa estratégia de intervenção para o tratamento de doentes com insuficiência respiratória aguda. É uma técnica complexa, para a qual é fundamental a tolerância da pessoa, mas também a existência de uma equipa multidisciplinar, formada, com competências para a sua correta implementação, monitorização e desmame, facilitadora da transição para outro nível de cuidados.

 





Coordenação do Curso

 

Duração e Horário

  • Início: 11 de março de 2022;
  • Interrupção letiva: 30 de julho a 26 de setembro de 2022
  • Estágio: 9 a 26 de janeiro de 2023
  • Término das atividades (com entrega de relatório): 10 de fevereiro de 2023

 

Inscrições 

  • Inscrições antecipadas iniciam a 1 de dezembro de 2021 e terminam a 15 de dezembro de 2021;*
  • Inscrições iniciam a 16 de dezembro de 2021 e terminam a 13 de fevereiro de 2022;
  • Adicione o planeamento ao seu calendário google AQUI;  

*As inscrições antecipadas prevêm um desconto de 50% no valor de inscrição;

 

Destinatários

  • Médicos;
  • Enfermeiros;

 

Nº de participantes

  • Mínimo - 15;
  • Máximo - 25;

 

Creditação, Duração e Horário

  • 30 ECTS;
  •  270 horas de contacto;
  • Sexta-feira, entre as 15:30 e as 21:30 horas, um sábado no 1º semestre e sete sábados no 2º semestre;

 

Valor

*50€ durante a fase de inscrições antecipadas;

 

Documentação necessária

 

Critérios de seriação

Ordem de inscrição, mediante o cumprimento dos critérios de base de inscrição no curso

 

Descontos

  • 10% para ex-alunos da ESSCVP-Lisboa, funcionários da Cruz Vermelha Portuguesa e colaboradores da ESSCVP - Lisboa (com colaboração igual ou superior a 3 anos);
  • A inscrição não está sujeita a descontos e os descontos não são cumulativos;
  • Para usufruir do desconto, o participante terá de contactar secretariaposgraduado@esscvp.eu;

 

Mais informações

  • Para mais informações contacte secretariaposgraduado@esscvp.eu;

 

Corpo Docente

Coordenadora: Rita Marques - Professora da Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa – Lisboa, coordenadora da Licenciatura em Enfermagem; Mestrado e Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica e Especialista em Enfermagem de Reabilitação;  Mestre em Enfermagem Avançada e Doutora em Enfermagem (2014). Desempenhou funções enquanto enfermeira no SU do Hospital de Santa Maria (2003-2009), na UCIMC do Hospital Pulido Valente (2009-2012) e no Hospital de Santa Maria (2012-2017). É investigador colaborador no Center for Innovative Care and Health Technology, e investigador integrado no Centro de Investigação Interdisciplinar em Saúde. Autora de diversas publicações e preletora em conferências nacionais e internacionais na área da Enfermagem.

 

Paulo Santos. Professor da Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa – Lisboa e coordenador do Ensino Pós-graduado; Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico Cirúrgica; Doutor em Enfermagem; Coordenador do Centro de Simulação em Saúde da ESSCVP).

 

Leila Sales. Professora na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa. Diretora da Área de Ensino de Enfermagem. Coordenadora do Curso de Licenciatura em Enfermagem 2016-2021. Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Mestre em Enfermagem. Doutoranda em Enfermagem com Especialização de Gestão de Unidades de Saúde e Serviços de Enfermagem. Especialização em Administração Hospitalar pela ENSP-U - Nova de Lisboa. Membro da Comissão de Qualidade e Segurança do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa. Perita convidada da Entidade Reguladora da Saúde. Professora convidada da EDU- Faculty of Medicine and Health Institution of Higher Education- Malta. Responsável dos Laboratórios de Práticas de Enfermagem e Centro de Simulação da ESSCVP-Lisboa. Investigadora na área da Segurança do Doente, Segurança da Medicação, Simulação em Saúde. Formadora na área da Segurança do Doente e Qualidade em Saúde. Autora de diversas publicações e preletora em conferências na área da Enfermagem e Segurança do Doente.

 

Nuno Gaibino. Médico, Especialista em Medicina Interna. Assistente Hospitalar no Serviço de Medicina Intensiva do CHULN, em titulação em Medicina Intensiva. Coordenador de Colheita e Transplantação do Gabinete do Hospital de Santa Maria - CHULN. Médico da VMER do Hospital de Santa Maria, bem como do Serviço de Helicópteros de Emergência Médica do INEM. Assistente Convidado da Faculdade de Medicina de Lisboa, no Instituto de Anatomia e na Cadeira de Medicina Intensiva. Membro do Conselho Fiscal da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos. Formador do INEM e da Ocean Medical.

 

Mónica Anselmo. Licenciatura em Medicina com o mestrado integrado com a tese de mestrado sobre Sistemas de Triagem Pré-Hospitalar e Hospitalar; Especialista em Medicina Interna no Hospitalar de Santa Maria; competência em Emergência Médica pela Ordem dos Médicos; Pós graduada em Emergência e Medicina Intensiva, em titulação para a Especialidade de Medicina Intensiva. Médica operacional de VMER; formadora do INEM nos cursos de VMER nos módulos de Trauma, transporte de doente crítico, Emergências Médicas e SAV. Formadora de ACLS-AHA, ATSDC, ITLS-AHA e pós graduação de Emergência Médica e Catástrofe. Professora convidada na Nova Medical School no curso TEAM Trauma e da FMUL nas aulas de Emergências Médicas e curso de Abordagem Inicial em Trauma. Professora de Fisiopatologia na Licenciatura de Enfermagem da ESSCVP- Lisboa.

 

Bruno Moura. Enfermeiro Graduado em Medicina Intensiva a exercer funções no Serviço de Medicina Intensiva do Hospital Professor Dr. Fernando Fonseca. Mestre em Gestão da Saúde pela Escola Nacional de Saúde Publica com especialização em Gestão Clínica. Detém competências em Técnicas Dialíticas, Ventilação Invasiva e Não Invasiva e Alto Fluxo. SBV e SAV pela American Heart Association.

 

Ricardo Matos. Especialista em Medicina Interna e em Medicina Intensiva com a competência pela Ordem dos Médicos, de Medicina de Emergência. Exerce funções na Unidade de Cuidados Intensivos Neurocríticos e Trauma (UCINCT) do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, E.P.E (CHULC). Assistente da Nova Medical School/Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa. Diretor de Cursos pela Society of Critical Care Medicine: Basic, Fundamental Critical Care Support (FCCS), Fundamental Disaster Management (FDM).

 

Tânia Leite.  Enfermeira Especialista em Enfermagem de Reabilitação; Clinical Specialist na Linde.

 

Lino Miguel Pinto de Oliveira. Licenciatura em Enfermagem; Especialista em Enfermagem de Reabilitação; Chefe de Equipa na Unidade de Insuficiência Respiratória e em Unidade de Cuidados Intensivos COVID-19 do Hospital Pulido Valente. Formador na área de Ventilação Não Invasiva (VNI) no Centro de Formação do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte desde 2016; Preletor em conferências na área da Enfermagem de Reabilitação e VNI. Professor convidado da ESSCVP no Curso de Pós-Licenciatura em Enfermagem de Reabilitação.

 

Telmo Carvalho. Enfermeiro, especialista em Enfermagem Médico - Cirúrgica. Mestrado em Gestão de serviços de saúde concluído no INDEG - ISCTE e Mestrado em Enfermagem  Médico - Cirúrgica na Universidade Católica Portuguesa. Doutorando em Enfermagem. Coordenador dos Centros de Acessos Vasculares e da Hemodiálise Domiciliária na NephroCare Portugal. Várias participações em congressos nacionais e internacionais como preletor convidado. Autor e Co-Autor de 10 artigos científicos nacionais e internacionais.

 

Gustavo Nobre de Jesus.  Médico, formado em 2010 pela Faculdade de Medicina de Lisboa, com as especialidades de Medicina Interna e Medicina Intensiva. Tem a competência em Medicina de Emergência pela Ordem dos Médicos. Detém ainda o Diploma Europeu em Medicina Intensiva (EDIC). Exerce funções como intensivista no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, como parte integrante do centro de referência de ECMO. Para além de intensivista, trabalhou durante vários anos como operacional de emergência médica pré-hospitalar. É investigador principal em vários estudos, nomeadamente na área da oxigenação por membrana extra-corporal. É docente da Faculdade de Medicina de Lisboa desde 2011, de momento na Clínica Universitária de Medicina Intensiva, para além de colaborar com outras entidades na formação na área do doente crítico, nomeadamente o Instituto Nacional de Emergência Médica. Tem mais de 100 apresentações entre congressos nacionais e internacionais, sendo palestrante habitual na àrea da coagulopatia associada ao trauma. 

 

José Alexandre Abrantes. Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação; Doutor pela Universidade de Pittsburgh/ILCOR. Tem competência avançada em gestão e diferenciada em emergência extra-hospitalar. Formador INEM, CPR/ERC (SBV-DAE, SIV e SAV dos quais também é diretor de curso), AHA (ACLS), ITLS, ATDC, BASIC e MRMI. Enfermeiro Gestor do Serviço de Medicina Intensiva - UCIP, coordenador da VMER, coordenador da equipa ECMO e DCP/ECPR, diretor do Heliporto do CHULN-HSM. Elemento da task-force para ampliação dos cuidados intensivos no CHULN no âmbito da atual pandemia. Fez parte de várias organizações científicas como a SPCI, tendo colaborado em vários eventos científicos como organizador, comissão científica, moderador e preletor. Colabora com várias instituições principalmente em pós-graduações e mestrados como por exemplo a ESSCVP, UCP, ISCIA. Membro do Conselho Diretivo da Ordem dos Enfermeiros, SRSul, tendo sido representante em vários grupos de trabalho como: CODU, Comissão Nacional de Trauma, DGS, Urgências Hospitalares, DAE.