Missões Humanitárias, Catástrofes e Conflitos

INSCRIÇÕES ENCERRADAS - ESGOTADO

 

É da responsabilidade de cada país a avaliação da sua capacidade de resposta face a um acontecimento que afete um grande número de pessoas, vítimas (feridos ou mortos) ou infraestruturas e bens materiais. Preparar os profissionais e a população no geral para a intervenção face a realidades de crise possíveis tornou-se uma preocupação global que exprime o reconhecimento de que a sociedade pós-industrial abriu espaço à sociedade do risco, bem como a criação de uma estrutura operacional, que inclua um vasto leque de profissionais, que possa minimizar os estragos provocados pelas forças de natureza. 

Pós-graduação única a nível nacional, com simulação de cenário real, creditado, em horário pós-laboral e lecionado por especialistas de renome nas temáticas abordadas.

 





Duração

  • Início a 10 de abril de 2021;
  • Data prevista de término : janeiro de 2022;*
  • Duração de10 meses;

*A data de término poderá sofrer alterações face à disponibilidade das entidades envolvidas.

 

Inscrições 

  • Abertura de inscrições a 14 de dezembro;
  • Inscrições terminam a 1 de abril;
  • Deverão ser submetidas através do Portal de Candidaturas.

 

Destinatários

  • Médicos;
  • Enfermeiros;
  • Psicólogos Sociólogos;
  • Assistentes Sociais;
  • Profissionais de Emergência Médica;
  • Bombeiros;
  • Militares;
  • Polícias;
  • Outros profissionais da área da saúde e das ciências sociais;

 

Nº de participantes

  • Mínimo - 15;
  • Máximo - 30;

Caso seja excedido o número de inscritos, o processo de seriação é realizado por ordem de inscrição. A inscrição só é considerada válida após o pagamento do custo de inscrição.

 

Creditação, Duração e Horário

  • 30 ECTS;
  •  200 horas de contacto;
  • Quinzenalmente aos sábados, das 09:00 às 13:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas;

 

Custo

  • 100 euros de inscrição;
  • 1750 euros de propina (faseado em 10 mensalidades de 175 euros, pagas até ao dia 10);

 

Descontos

  • 10% para ex-alunos da ESSCVP-Lisboa, funcionários da Cruz Vermelha Portuguesa e colaboradores da ESSCVP - Lisboa (com colaboração igual ou superior a 3 anos);
  • A inscrição não está sujeita a descontos e os descontos não são cumulativos;
  • Para usufruir do desconto, o participante terá de contactar secretariaposgraduado@esscvp.eu.

 

Mais informações

  • Para mais informações contacte secretariaposgraduado@esscvp.eu.

 

Corpo Docente

  • Coordenadora: Ana Paula Nunes (Professora da Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa - Lisboa)

Professora adjunta na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSCVP); Doutoramento em Bioética; Licenciatura em Psicologia Clínica; Mestrado em Psicopatologia e Psicologia Clínica; Licenciatura em Enfermagem; Especialização em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria; obtenção do titulo de Especialista em Enfermagem, na área de Ensino, por concurso público; Especialização em Bioética; Pós-graduação em Missões Humanitárias Catástrofes e Conflitos; Pós-graduação em Direito Internacional Humanitário; vários cursos de Pós-graduação em Direito da Saúde e da Medicina; formação na área da emergência: Suporte Básico de Vida e DAE, Técnico de Ambulância e Transporte, Suporte Avançado de Vida, High Degree em Gestão de Emergência, Segurança e Saúde para Operacionais em Teatro de Operações; formação na área do terrorismo: Specialization in Cyberterrorism, Master in counterterrorism, Cibersegurança – nivel II, Post- Master in Human Intelligence, formações aprovadas pela United Nations Department of Safety and Security; Presidente da Comissão de Ética (CE) da ESSCVP durante 8 anos e atualmente membro da mesma CE; Provedora do Estudante da ESSCVP, durante 4 mandatos; prémio Carreira atribuído pela Ordem dos Enfermeiros na área de Ensino.

  • Coordenador: Vítor Almeida, Dr. Med, (Médico Anestesiologista, Competência em Emergência Médica, Hospital São Teotónio, Viseu e SHEM INEM) 

Assistente Graduado em Anestesiologia, Competência em Emergência Médica, Presidente do Colégio de Emergência Médica da Ordem dos Médicos, Médico VMER e SHEM INEM Viseu, Experiência em Missões Humanitárias e Conflitos.

  • Cristina Centeno (Professora da Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa - Lisboa)

Licenciatura em Enfermagem; Mestrado em Saúde Comunitária, vertente de doenças transmissíveis, com dissertação desenvolvida na área da tuberculose pulmonar; Pós-graduação em Patologia Tropical realizada no Instituto Príncipe Leopoldo-Bélgica  e Pós-graduação em Patologia Tropical realizada no Instituto de Higiene e Medicina Tropical-Lisboa; Pós-graduação em Missão Humanitária Catástrofes e Conflito - ESSCVP; Formação como delegada de terreno pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV); experiência de 5 Missões com o CICV (Moçambique, duas vezes em Angola; México; Mali); 4 Missões em situação de não conflito (Mali; Tsunami da Indonésia; Guiné Bissau; Timor Leste; 10 anos de atividades de saúde e atividades lúdicas em Moçambique  (duração de um mês por ano).

  • Susana Gouveia (Psicóloga, Médicos do Mundo) 

Licenciatura Psicologia (Coimbra); Pós graduação Gestão de Empresas - Marketing (Évora); Mestrado Gestão, especialização em Recursos Humanos (Évora). Psicóloga especialista em Psicologia do Trabalho, Social e das Organizações e em Psicologia Comunitária. Perita e Formadora em Psicotraumatologia. Docente no curso Gestão de Catástrofes e Crises Humanitárias (nível de Post Master), no ISO-SEC, entidade certificada por várias entidades internacionais: UNDSS, UNHCR, Federal Emergency Management Agency, HM Government. Docente em três Pós Graduações e um Mestrado relacionadas com missões e ajuda humanitária, intervenção psicossocial em crise (ISCSP; ESSCVP; INSPSIC e IPL). Cruz Vermelha Portuguesa (16 anos); Associação Médicos do Mundo Portugal (1 ano); European Anti Poverty Network – Portugal (presente). Autora e formadora do curso Primeiros Socorros Psicológicos, com créditos atribuídos pela Ordem dos Psicólogos Portugueses e validação científica do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (a partir de 01 Dezembro 2020). Com 6 edições lecionadas em 5 meses e um alcance de praticamente 70 formandos. Coautora do Artigo “Crimes violentos”, apresentado no Fórum ao Encontro da Saúde Mental da Comunidade: Trauma e Resiliência. Vila Nova de Gaia. (14 e 15 Fevereiro 2019). Coautora do Artigo “Operacionais de Emergência e o acesso a Serviços de Saúde Mental Especializados: Bombeiros”, apresentado no 4º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses, realizado no Altice Forum Braga, de 12 a 15 de Setembro de 2018. Artigo “Lessons learned e eventos disruptivos de vida”, apresentado em comunicação no 3rd International Symposium on Command and Leadership, organizado pela Academia Militar (2018). Brito, B., Arriaga, M., Gouveia S.. Manual Apoio Psicossocial a Migrantes. Lisboa. Dezembro. 2015. (manual) Trabalho de projeto, integrado no Mestrado em Gestão, área de especialização Recursos Humanos “A Gestão de Recursos Humanos na Valência Psicossocial de uma ONG: Modelo de Apoio Psicossocial em situações de crise, para a Cruz Vermelha Portuguesa”. Orientadores: Profª. Doutora Maria de Fátima Jorge e Mestre Bruno Almeida de Brito Évora. 2009. Artigo “MUSE – da teoria ao empowerment ... da emoção e da razão, na comunidade”, em “Do MUS-E ao MUSEpe: 14 anos de intervenção na EB1 e Comunidade da Cruz da Picada de Évora”. 2012. (manual).

  • Fernando de Almeida (Médico, Presidente do INSA - Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge) 
  • Diana Araújo (Coordenadora do Departamento Internacional, Cruz Vermelha Portuguesa) 
  • Isabel Lopes de Carvalho, PhD ( Investigadora, Unidade de Resposta a Emergencias e Biopreparação, INSA, Departamento Doenças Infecciosas) 

Doutorada em Microbiologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa em colaboração com o Centers for Disease Control and Prevention (CDC,USA). Atualmente é investigadora no Departamento de Doenças Infeciosas do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), na Unidade de Resposta a Emergências e Biopreparação. É consultora da Organização Mundial da Saúde (OMS) em diversas missões, principalmente nos PALOP, mas também noutros países como no Ruanda e/ou Guiné Equatorial. Entre 2015-2017 integrou a equipa Portuguesa que montou o primeiro laboratório móvel na Guiné-Bissau para resposta ao surto do vírus Ébola que decorreu na África Ocidental. Isabel Lopes de Carvalho é membro de vários projetos de investigação internacionais e autora de mais de 41 artigos em revistas internacionais e de 10 capítulos de livros em edições nacionais.

  • Paulo Santos (Escola de Socorrismo da Cruz Vermelha Portuguesa) 
  • Pedro Coelho dos Santos (INEM, Licenciatura em Ciências da Comunicação, Mestre em Guerra da Informação) 

Mestre em Guerra da Informação/Competitive Intelligence pela Academia Militar. Licenciado em Ciências da Comunicação, com especialização em Jornalismo. É uma das figuras de referência em gestão de crise mediática em Portugal. Ao longo da sua carreira profissional tem-se especializado nas áreas de Comunicação, Estratégia e Public Affairs. Foi responsável pela Comunicação em diversas instituições de referência no setor da saúde: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e Instituto Nacional de Emergência Médica. Foi igualmente consultor de comunicação da Direcção-Geral da Saúde. Ainda no campo da assessoria de imprensa, foi Adjunto para a comunicação social da Ministra da Saúde do XIV Governo Constitucional. Esta experiência profissional na área do jornalismo foi absolutamente fundamental para as várias funções que tem desempenhado posteriormente nas áreas de assessoria de comunicação institucional e política.  No campo académico, tem colaborado com diversas instituições, lecionando em Licenciaturas, Mestrados e Pós-graduações. Escreveu diversos artigos de opinião em jornais e revistas, quer sobre questões relacionadas com a Comunicação, quer sobre temas da atualidade política. Enquanto jornalista, trabalhou no jornal diário “Público”, no jornal semanário “Euronotícias” e na revista semanal “FOCUS”, na área do jornalismo económico. Participou em diversos cursos de Protocolo e Organização de Programas Especiais, Técnicas de Comunicação em Público e Direção e Liderança.

  • Marco Cruz (GNR, Tenente Coronel, Professor no Instituto Universitário Militar) 

Tenente-Coronel da Guarda Nacional Republicana e desempenha as funções de docente na Área de Estudo das Crises e Conflitos Armados do Instituto Universitário Militar (IUM), lecionando nas áreas da Geopolítica, das Relações Internacionais e dos Estudos de Segurança. É Mestre em Ciências Militares, especialidade de Segurança, pela Academia Militar, e Mestre em Direito e Segurança pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (UNL). É especialista em Segurança Interna e Fenómenos Criminais. Integrou o 1º Contingente da Guarda Nacional Republicana, na missão do Iraque, como Comandante de um Pelotão Operacional. Foi Comandante do 4º Contingente da Guarda Nacional Republicana em Timor-Leste, integrado na Missão das Nações Unidas (UNMIT) e Comandante de companhia da Integrated Police Unit da missão da União Europeia na Bósnia e Herzegovina - European Misssion Force (EUFOR).

  • Eng. Pedro Lopes (Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil)  

Engenheiro Civil, Mestre em Segurança aos Incêndios Urbanos, foi bombeiro voluntário durante 18 anos, tendo atingido o cargo de Comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários da Guarda. Desempenhou as funções de Inspetor Regional Adjunto, Inspetor Regional de Bombeiros do Centro e Inspetor Superior Adjunto, na estrutura do Serviço Nacional de Bombeiros e de Vice- presidente do Serviço Nacional de Proteção Civil e do Serviço Nacional de Bombeiros e Proteção Civil. Foi posteriormente Vogal do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Emergência Médica. Entre abril de 2013 e abril de 2021 foi Diretor Nacional de Bombeiros, na Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. Tem lecionado em diversas Licenciaturas, Pós-graduações e Mestrados, quer na área da Segurança Contra Incêndios, quer em Proteção Civil em geral. Pós-graduou-se em Proteção Contra Incêndios de Edifícios. Posteriormente obteve o grau de Mestre em Segurança aos Incêndios Urbanos, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), conjuntamente com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC). É Especialista na área de Proteção de Pessoas e Bens, com provas publicas prestadas em 11 de fevereiro de 2020, pelos Instituto Politécnico de Castelo Branco, Instituto Politécnico de Coimbra e Instituto Politécnico de Leiria.

  • Tobias Steffen, Dr. med, (Médico Anestesiologista, Director Médico Regional dos Serviços de Emergência de Goslar, R.F. Alemanha) 
  • Sara Vilão, (Médica Especialista em Medicina Legal, Emergência Médica, VMER Aveiro) 

Médica legista, colabora com o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses - INMLCF. Concomitantemente, é desde 2012, médica operacional do INEM, tendo integrado no passado diversas equipas de VMER de várias regiões do país. Atualmente presta serviço na VMER do Hospital de Aveiro desde 2015 e colabora com a Delegação do Sul do INEM, mantendo em simultâneo a sua atividade pericial na área da Medicina Legal.

  • Carlos Filipe Raposo, (Socorrista da Cruz Vermelha Portuguesa, “Combat Medic” em Empresas de Segurança em Ambiente Hostil) 
  • Bruno Borges (Lic. Gestão de Segurança e Protecção Civil, Pós-Graduado em Gestão e Comando Operacional) 
  • Ricardo Bordon

Médico Assistente Graduado em Medicina Geral e Familiar; Competência em Emergência Médica com vasta experiência em Emergência Médica Pré-Hospitalar (Viatura Médica de Emergência e Reanimação – VMER- desde 1996; Coordenador em Cursos de Técnico de Emergência Pré-hospitalar, do INEM;Instrutor Internacional de Gestão de Crise e Catástrofe; Experiência e Coordenação em  Missões Humanitárias - Moçambique, Venezuela, Angola, Sri Lanka, Filipinas, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde; Coordenador de Projetos OCHA /ONU - Haiti 2010; Presidente da ONG/ Together Internacional – Portugal desde 2020.

 

Testemunhos dos participantes:

"A pós-graduação em missões humanitárias catástrofes e conflitos fornece conhecimento em vastas áreas através de métodos de ensino teórico práticos. Desde logo reparei que é ministrada por formadores de currículo invejável na área das missões, o que permite perceber ao pormenor todo o processo de planeamento e desenvolvimento de uma missão. Sem dúvida será uma ferramenta importante no desempenho da minha atividade profissional."

Jorge Barbosa (2019, 3ª Edição)

 

"O simulacro no âmbito desta PG foi fantástico, dinâmico e eficaz... conseguiu-se perceber que todos os presentes conseguiram emergir e trabalhar em equipa como se fosse uma situação realmente verdadeira. A sessão foi muito interessante, leva-nos a analisar a nossa maneira de pensar e agir perante as situações, sobre nós e dos que nos rodeiam e descobrir pontos onde podemos sempre melhorar. Foi extremamente positivo vivenciar algo que irei levar para sempre na memória e saber que de alguma forma na vida me será verdadeiramente útil. Um obrigada a todos."

Sheila Carvalho (2019, 3ª Edição)